Brasil - de país mundial à país mundano

Qual a imagem que temos do nosso país? Qual é a imagem vista por pessoas de fora?

Como vêem é algo com podemos deduzir, porém os fatos apontam aquilo que mostramos ao mundo. É só surgir uma competição rodeadas de homens que já surge uma mulher com seios fartos e cria-se um alvoroço todo em volta. Larissa Riquelme, Patty Orué dentre outras, acabam divulgando uma imagem de um país mundano onde somente a diversão, futebol, carnaval e o turismo sexual são os carros-chefe.

Querer dizer que essa é a visão que o estrangeiro tem da Terra Brasilis é de que aqui seja somente mato e um monte de nativos com a bunda de fora e festas de bumba-meu-boi. Essa não é a imagem que eu tenho do meu país, porém é a Imagem imperativa que a mídia faz questão de divulgar.

A IMAGEM INTERNACIONAL DO BRASIL: 
DO TURISMO SEXUAL AO “PROSTITURISMO”

"Pode fazer o que quiser dela, excepto matá-la”.


Babilônia-Sodoma, Brasil

Esse trecho abaixo é parte da carta de Pero Vaz de Caminha após a chegada a Pindorama (nome dado ao nosso país pelos índios).

"Ali andavam entre eles três ou quatro moças, bem novinhas e gentis, com cabelos muito pretos e compridos pelas costas; e suas vergonhas, tão altas e tão cerradinhas e tão limpas das cabeleiras que, de as nós muito bem olharmos, não se envergonhavam..."
"E uma daquelas moças era toda tingida de baixo a cima, daquela tintura e certo era tão vem feita e tão redonda, e sua vergonha tão graciosa que a muitas mulheres de nossa terra, vendo-lhe tais feições envergonhara, por não terem as suas como ela..." 


O Código Penal Brasileiro não possui o tipo penal pedofilia. Entretanto, a pedofilia, como contato sexual entre crianças/adolescentes e adultos, traduz-se juridicamente nos clássicos crimes de estupro (art. 213 do Código Penal) e atentado violento ao pudor (art. 214 do Código Penal), ambos com pena de 6 (seis) a 10 (dez) anos de reclusão e considerados como crimes hediondos.

Povo que desconhece a sua história, está fadado a repeti-la. 

0 comentários:

Postar um comentário