Brasil - de país mundial à país mundano

Qual a imagem que temos do nosso país? Qual é a imagem vista por pessoas de fora?

Como vêem é algo com podemos deduzir, porém os fatos apontam aquilo que mostramos ao mundo. É só surgir uma competição rodeadas de homens que já surge uma mulher com seios fartos e cria-se um alvoroço todo em volta. Larissa Riquelme, Patty Orué dentre outras, acabam divulgando uma imagem de um país mundano onde somente a diversão, futebol, carnaval e o turismo sexual são os carros-chefe.

Querer dizer que essa é a visão que o estrangeiro tem da Terra Brasilis é de que aqui seja somente mato e um monte de nativos com a bunda de fora e festas de bumba-meu-boi. Essa não é a imagem que eu tenho do meu país, porém é a Imagem imperativa que a mídia faz questão de divulgar.

A IMAGEM INTERNACIONAL DO BRASIL: 
DO TURISMO SEXUAL AO “PROSTITURISMO”

"Pode fazer o que quiser dela, excepto matá-la”.


Babilônia-Sodoma, Brasil

Esse trecho abaixo é parte da carta de Pero Vaz de Caminha após a chegada a Pindorama (nome dado ao nosso país pelos índios).

"Ali andavam entre eles três ou quatro moças, bem novinhas e gentis, com cabelos muito pretos e compridos pelas costas; e suas vergonhas, tão altas e tão cerradinhas e tão limpas das cabeleiras que, de as nós muito bem olharmos, não se envergonhavam..."
"E uma daquelas moças era toda tingida de baixo a cima, daquela tintura e certo era tão vem feita e tão redonda, e sua vergonha tão graciosa que a muitas mulheres de nossa terra, vendo-lhe tais feições envergonhara, por não terem as suas como ela..." 


O Código Penal Brasileiro não possui o tipo penal pedofilia. Entretanto, a pedofilia, como contato sexual entre crianças/adolescentes e adultos, traduz-se juridicamente nos clássicos crimes de estupro (art. 213 do Código Penal) e atentado violento ao pudor (art. 214 do Código Penal), ambos com pena de 6 (seis) a 10 (dez) anos de reclusão e considerados como crimes hediondos.

Povo que desconhece a sua história, está fadado a repeti-la. 

Nunca desista de seus sonhos

Crescemos em função dos sonhos. 
Os sonhadores...vêem as coisas na suave neblina 
de um dia de primavera ou no fogo de uma longa noite de inverno. 
Alguns de nós deixam estes grandes sonhos morrer, 
mas outros os alimentam e os protegem, 
cuidando deles nos dias difíceis 
até que possam trazê-los à luz do sol, 
que sempre vem para aqueles que sinceramente 
acreditam que seus sonhos vão se tornar realidade.

Woodrow Wilson




Porém, em meio à velocidade, complexidade e descontinuidade exigidas em nossa Era, muitas pessoas acabam deixando 'adormecer' seus sonhos. Algumas perguntas me intrigavam: 
Qual era o meu verdadeiro sonho? Será que eu tenho um sonho?
Sempre observei em minha infância várias pessoas em meio a grandes viagens, comprando casa, carro, posses. Hoje volto a contatar essas pessoas e noto que muitas estão deslocadas diante tal complexidade - sua personalidade.
Então tomei nota disso e percebi que essas posses não passavam de objetivos de vida, o que era diferente de sonhar. E que hoje não estavam tão felizes quanto eu as via no passado.

A dica que dou é que essas pessoas busquem, inicialmente, aquelas atividades curriqueiras que mais gostam de fazer e mais se adéquam a seu perfil. Após isso, façam algumas 'projeções' e mentalizações de futuro e tentem visualizar suas atitudes diante de algo que sempre alimentaram em sua infância.

O meu sonho sempre foi o de encontrar respostas às questões que intrigavam as pessoas e as deixavam tristes. Hoje para minha surpresa, notei que não são respostas que movem as pessoas, e sim, perguntas. Ter definido qual é o nosso perfil e nossas potencialidades, ajuda e muito a potencializar nossas aptidões e essas por sua vez impulsionam nossos sonhos.

Hoje meu trabalho é voltado ao desenvolvimento humano e minha atividade diária é me questionar sempre de como fazer o melhor e produzir mais impactos positivo às pessoas que me rodeiam.



"Jamais desista de seus sonhos, porém, saber o que você tem de positivo irá lhe encorajar e muito em sua caminhada".