Remover peças ao invés de recuperá-las


Colher os louros é o mais esperado por aquele que se considera um ‘líder’, ‘chefe’ seja lá o que for. Se um funcionário não está correspondendo ao desejado, o mais fácil é removê-lo e por outro em seu lugar.
Toda tratativa com o intuito de tentar uma melhora no desempenho é descartada com o argumento de que “se ele não fizer tem quem o faça”. Porém não é calculado todo o desgaste que causa a troca de um funcionário por outro. Todo alvoroço que a equipe passa a ficar por temer se nenhum outro será demitido. O tempo que será gasto no treinamento e familiarização do novo funcionário também é esquecido.
Nesses casos, mesmo que intrinsecamente, é notada a dificuldade que se tem de se tratar com o ser humano que está com dificuldade ou às vezes desmotivado por fatores que a empresa lhe apresenta como, por exemplo: horas extras obrigadas e não remuneradas, falta de liderança (barco sem rumo), não definição de funções (o faz tudo), falta de alçada. O velho “tapinha nas costas” e o “blá-blá-blá” já não servem mais.





As pessoas precisam não só de reconhecimento, mas sim valorização de forma efetiva. Serem elogiadas em público, terem sua foto na parede como funcionário do mês, folga para aproveitarem um dia de sol com seus filhos. Pequenos atos por parte dos gerentes, gestores, administradores, e proprietários não custam praticamente nada para a empresa e geram uma satisfação por parte do colaborador que se vê reconhecido e valorizado e passará a ter uma dedicação dobrada para com sua emprsa.
Com isso se vê que algumas 'peças' nem sempre são o problema e que uma simples "manutenção" periódica em seu ambiente ajudaria e muito que situações desgastantes se alastrassem e criassem mais atritos indesejados. 

Eis algumas dicas:
Busque sempre melhorias em sua vida (ambiente de trabalho, vida pessoal e relações sociais)
O Inconformado não serve!
A informação que temos nunca é suficiente na era do conhecimento - Tenha fontes fidedignas e seguras e mantenha-se atualizado;
Trabalhe seu 'branding' pessoal - Pelo que você quer ser lembrado?

    0 comentários:

    Postar um comentário