Gratidão - nossa balança diária

Eu reclamo mais do que agradeço durante o meu dia?


Se estiver reclamando mais do que agradecendo, é porque não estou sabendo ver a real possibilidade de crescimento das situações decorrentes. Quando nossa ingratidão é mais acentuada, acabamos fechando o canal de entrada de novas possibilidades em nossas vidas. Passamos a ser pessoas mais carregadas, mais frustradas, mais rancorosas, conseqüentemente, menos amorosas, menos amigas, menos radiantes.
Quando você se acordar, faça um apanhado de tudo de bom que você fez no outro dia, caso eu não tenha nada para mencionar, se pergunte:
Será que sou realmente merecedor das oportunidades que estou tendo em minha vida?


Intenção – sentidos – avaliação – sentimentos – ação
 Nossa gratidão diária trabalha como se fosse um feedback diário passado ao nível superior - intangível, que é onde as coisas acontecem primeiro. Segundo Stephen R. Covey, "a primeira criação é a criação mental e a segunda é a criação física."
Para a construção de uma casa, por exemplo, o arquiteto primeiro imagina a planta mentalmente e somente após criar a imagem mental ele a expõe no papel para que ela possa ser erguida.


Pratique exercícios mentais de como você gostaria de que seu dia fosse mais produtivo, mais harmonioso e você verá que isso realmente fará a diferença em sua vida. Isso vale também para aquisições materiais.
Fonte:
Os 7 hábitos das pessoass altamente eficazes - Stephen R. Covey

0 comentários:

Postar um comentário