O Dia do Livro - e o livro de todos os dias!

"Dos diversos instrumentos do homem, o mais assombroso é, indubitavelmente, o livro. Os outros são extensões do seu corpo. O microscópio e o telescópio são extensões da vista; o telefone é o prolongamento da voz; seguem-se o arado e a espada, extensões do seu braço. Mas o livro é outra coisa: o livro é uma extensão da memória e da imaginação".

Um dos maiores bens que temos sem dúvida é o conhecimento e a informação. É através dele que o homem age, instrui seus descedentes, ruma a novos caminhos, faz descobertas e descortina um emaranhado de novos conceitos e realidades. A ferramenta mais aclamada para isso, dentro outras, é o livro.

É por meio e através dele, que o homem 'sai' da mesmice e dignifica a sua existência de ser pensante e mola propulsora do avanço de sua sociedade.

Célebres nomes como Mahatma Gandhi, Marting Luther King Jr., ficaram extasiados com os conceitos do clássio A Desobediência Civil de Henry David Thoreau, que renegou sua sociedade e se isolou nos bosques de Walden. Thoreau defendia que: "O melhor governo é o que menos governa" - dentre várias linhas de seu pensamento que incentivaram grandes lideranças na busca da verdade e de melhorias para seus semelhantes.



Um livro é sempre um 'universo' novo a ser descoberto! Faça da leitura seu hábito diário e busque a ampliação de seu conhecimento, para que não sejamos vítimas e escravos da ignorância e assim voltemos às 'trevas' que assolaram a Idade Média, onde a falta de conhecimento fazia sociedades inteiras tornarem-se escravos e simples viroses como uma gripe destruiam populações inteiras.


Uma das maiores heranças que podemos deixar para as gerações futuras, com certeza é o bom hábito da leitura.

"O livro pode estar cheio de coisas erradas, podemos não estar de acordo com as opiniões do autor, mas mesmo assim conserva alguma coisa de sagrado, algo de divino, não para ser objecto de respeito supersticioso, mas para que o abordemos com o desejo de encontrar felicidade, de encontrar sabedoria". - Jorge Luís Borges, in 'Ensaio: O Livro'

Fontes:
http://www.citador.pt/pensar.php?op=10&refid=200509270900&author=159&theme=138
http://www.culturabrasil.pro.br/desobedienciacivil.htm
Imagens:
http://www.grandesmensagens.com.br/wp-content/uploads/2010/07/livro.jpg
http://4.bp.blogspot.com/_mNEFrVsSgGA/TMm1Nl_SpvI/AAAAAAAAAdk/kKeoJCshss4/s1600/beb%C3%AA_livros.jpg 

0 comentários:

Postar um comentário